Futuro do Clubhouse

O Clubhouse abriu o acesso da plataforma para todos os usuários na quarta-feira, 21 de julho de 2021. Se antes era necessário ter um convite, entrar numa lista de espera e depois ser aprovado para criar uma conta no aplicativo, agora basta ter o link de uma chamada para participar. Com a novidade, a empresa abre mão da experiência de exclusividade que popularizou os seus chats de voz.

O anúncio marca a saída do Clubhouse da fase beta para o seu pleno funcionamento. Apesar da desistência da estratégia de exclusividade dos convites, o novo modelo de funcionamento pode conquistar novos públicos e dar fôlego ao aplicativo após concorrentes de peso como o Twitter e o Spotify terem lançado funcionalidades semelhantes aos chats de voz da empresa.

Segundo publicação em seu site oficial, o Clubhouse conquistou 10 milhões de novos usuários desde que lançou sua versão no Android, em maio. A empresa também afirma no mesmo post que a abertura para todos os públicos sempre foi um desejo. “Os melhores quartos do Clubhouse são aqueles onde você encontra pessoas de fora do seu círculo social, com visões e experiências vividas muito diferentes, que mudam sua perspectiva de mundo”, justificou a desenvolvedora do aplicativo.

O Clubhouse se tornou popular em janeiro de 2021 ainda em sua fase de testes, disponível apenas para usuários do sistema operacional iOS. A plataforma ganhou um grande número inicial de adeptos na China, além de chamar a atenção de personalidades como o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, e o CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, que logo marcaram presença em chats do aplicativo.

Share this Post